Dia de sol, ciclovias cheias, você resolve dar um rolê de bike e, depois… Joelhos doendo? Saiba o que pode estar errado e que tipo de lesão pode acabar acontecendo

Pegar a magrela e sair por aí pode parecer perfeito para os dias de folga, não é mesmo? Mas não deixe o que pode parecer uma atividade física trivial e prazerosa, como andar de bicicleta, estragar o seu dia (e os seus joelhos!). Antes de sair para pedalar, ajuste bem a sua bike. A altura do selim tem mais importância do que normalmente se pensa… Se você não tiver o selim na altura apropriada, não apenas sentirá o incômodo como também poderá estar se arriscando a uma lesão.

Se você sentir dores na parte da frente do joelho é provável que a altura que está o selim seja insuficiente. Quando o selim está baixo, por exemplo, há uma flexão excessiva dos joelhos, gerando muita pressão na rótula.

Não se engane. Fique atento!
Apesar de o ciclismo ser uma das modalidades esportivas que menos lesões provocam, sim, podem acontecer lesões com os seus joelhos. “Elas podem surgir devido às quedas e gerar uma fratura, por exemplo. Mas também, podem acabar em uma condromalácia patelar e tendinites (tendinite patelar e a síndrome da banda iliotibial), que às vezes são provocadas pelo esforço repetitivo”, lembra o Dr. Carlos Frutos, do Genua.

Saiba ao que estar atento na bike
Existe um truque simples para saber a altura correta do assento: fique em pé do lado da bike e veja se o assento está na altura do seu quadril. Outra boa dica: mantenha o joelho em uma altura inferior às mãos durante as pedaladas.

  1. Se você nunca se preocupou com a altura do selim da sua bicicleta, provavelmente ele está baixo demais. O selim deve estar ajustado de forma que sua perna fique quase totalmente reta e apenas um pouco dobrada. Se você precisar baixar o quadril para deixar o joelho totalmente esticado ou perder o contato com o pedal, é preciso baixar o selim.
  2.  Se você conseguir apoiar os dois pés no chão quando sentado na bicicleta, significa que você está pedalando com os joelhos muito dobrados, forçando a articulação de forma prejudicial e sem conseguir muita eficiência.
  3.  Não pedale de pernas abertas, para não forçar a articulação dos joelhos. Se você estiver pedalando assim, seu selim deve estar baixo demais e você está apoiando os pés de forma errada. Joelhos e pés devem estar alinhados à bicicleta.